A meta é não estar no mesmo “lugar” ano que vem? Então mova-se.



Por Adriana Braga


O que mais vemos e lemos em mídias diversas é a quantidade de desafios que há em nossa profissão, o quanto temos que lutar para sermos vistos de forma diferente do que está padronizado há décadas, claro que existe o desafio e a desvalorização em muitos casos e que temos que ser fortes para acabar com os estereótipos de uma secretária, mas já parou para ver o outro lado? O que as empresas esperam de nós? O que temos que buscar no momento atual?


Muitas empresas sabem o que fazemos e o quão importante somos na vida dos executivos e a diferença que fazemos nos diversos setores da empresa, mas muitos secretários (as) não se dedicam tanto as suas carreiras, não são engajados, não se atualizam, não procuram um curso, treinamentos, um meio de melhorar sua performance. Assim eles oferecem um serviço medíocre, sem fazer nada além do que é designado.


Também há aqueles que são cheios de ideias e força de vontade, querem mudar o mundo e fazer acontecer, mas não têm o suporte da empresa e se sentem limitados, e com o passar do tempo, sentem-se frustrados e desanimados com a profissão. O que não pode acontecer é ficarem cegos e não verem o que está fora da caixa.

A solução é conversar com seu gestor e explicar que com pequenas mudanças pode haver uma melhora em diversos aspectos, e que caso continue limitado, terá que ir à procura de uma empresa que lhe-dê mais autonomia e que aceite sugestões de melhoria e novas ideias.


Sempre há escolhas e oportunidades. Só depende de nós. Do quanto estamos buscando o que queremos, do quanto estamos focados em nossos objetivos e o que temos que fazer para chegarmos onde sonhamos. E se não há objetivos para seguir agora, então pesquise, converse, participe de grupos, vá a congressos, palestras, atualize-se. E em algum momento você vai se encontrar, irá achar a área que mais lhe chama atenção, porque se existe uma profissão que nos dá uma gama de oportunidades e áreas para seguirmos é o Secretariado Executivo. Podemos desempenhar diversas funções, mais dinâmicas e em diversos setores, podemos ser empreendedores, gestores, palestrantes, atuarmos na docência, coaches, consultores, secretariado remoto, secretariado particular, entre outros.


É uma profissão aberta a mudanças de ambientes, setores e até da economia, logo não há porque não investir em uma carreira tão ampla e moderna.


A meta é não estar no mesmo “lugar” ano que vem? Então mova-se.


@prefirosecretariar

0 visualização

© 2016 por Comitê de Secretariado Executivo do DF. Orgulhosamente criado por Wix.com