NOVOS CONTATOS E BOAS RELAÇÕES: DICAS DE COMO ESTABELECER UM DIÁLOGO COM PESSOAS DESCONHECIDAS.

Abaixo, apresento algumas dicas valiosas para se estabelecer novos contatos com pessoas desconhecidas. São pontos que levantei com base nas relações que tenho estabelecido no meu cotidiano e nas leituras que tenho feito relacionadas às relações interpessoais. Vale dizer que todas as dicas eu levo para mim e utilizo no meu dia a dia.

Vamos lá!

1. Antes de mais nada, pergunte o nome da pessoa com quem você está criando um diálogo. Independentemente do cargo da pessoa, da posição hierárquica ou da condição financeira, trate todos pelo nome. Não é uma questão de interesse, mas de reconhecer a existência do outro nesse processo, um outro que é gente, tem nome, identidade e merece ser valorizado em sua essência humana.

2. Apresente-se. "Qual é o seu nome? Boa tarde, Fulano, meu nome é Jefferson. Você está bem?". Você pode até achar que esse diálogo está longo, mas é nele que reside a possibilidade de construção de relações fortes. Pessoas de credibilidade costumam ser agradáveis com todos, independentemente se elas estão ou não alinhadas aos seus objetivos de vida. É fazer a diplomacia funcionar, não precisa de ser amigo de todos, mas tratá-los de modo cordial e respeitoso. Trate o garçom bem, a moça da limpeza, o motorista do Uber, a vendedora... Trate todos bem, isso é fundamental para a construção da sua marca.

3. Questione se a pessoa está bem. Ao questionar, dedique um tempo à resposta, a pessoa pode dizer que está bem, como também pode dizer que não está. Colocar-se à disposição para falar sobre o problema é gentil de sua parte. Não pergunte o que houve, pergunte: - Você quer comentar sobre? Demonstre interesse pelo bem estar da pessoa. Seja um bom ouvinte, a maior parte das pessoas só precisam colocar os problemas para fora sem serem julgados ou criticados por isso. Ao mesmo tempo, não seja invasivo, se a pessoa disse que não deseja conversar, respeite e finalize o assunto inicial com um "Desejo que tudo fique bem para você", emendando a frase com a solicitação que deseja fazer.

4. Procure um elo de interesse. Você pode fazer um questionamento à pessoa, como por exemplo: - Você está gostando do evento? - Como anda o movimento da loja? - O que está achando do Curso? Se você perceber que a pessoa não deseja manter um diálogo, respeite o espaço dela, evite ser invasivo.

5. Durante o diálogo, seja um bom ouvinte, evite excessos de exemplos ou comparações. Escute atentamente a pessoa, tente focar nos pontos principais da história ou relato. Mantenha uma postura receptiva e demonstre interesse pelo que a pessoa está falando. Evite julgamentos. Evite dar conselhos sem que a pessoa tenha pedido ou dado liberdade para isso. Ao dar conselhos, seja positivo, gentil, pontual e sincero.

6. A intimidade que você dá ao outro não é a mesma que ele dá a você. Evite ser invasivo, adotar tratamentos informais, contatos físicos diretos ou qualquer tipo de intimidade inexistente. Evite falar de assuntos pessoais íntimos, como os relacionados ao sexo, problemas conjugais, fofocas, comentários ácidos relacionados às pessoas que estão no mesmo local... É o início de uma relação, evite expor sua imagem ou "falar demais". Seja assertivo, direto e cauteloso.

7. Estabeleça formas para manter o contato. Você pode entregar seu cartão de visita, passar seus contatos e pegar os da pessoa, dizer que quando voltar à loja ou ao estabelecimento irá procurar a pessoa e/ou adicionar nas redes sociais. É importante demonstrar o interesse pelo contato.

8. Caso o debate tenha acontecido em um estabelecimento ou comércio, agradeça a ajuda da pessoa e deseje boas vendas ou bom trabalho; caso tenha ocorrido durante um curso ou evento, fale que vai deixar a pessoa resolver as questões dela, coloque-se à disposição para conversar durante os intervalos do evento e despeça-se com um "nos vemos logo, até mais".

As dicas fazem sentido para você? Se sim, guarde-as com carinho e tente utilizá-las ou intensificar o uso no ano de 2020. Aproveite e compartilhe esse texto com seus colegas de trabalho e amigos que você acredita que possam se interessar pela temática, isso também é saber se relacionar e manter os vínculos ativos e fortes.

Até a próxima!

Texto por Jefferson Sampaio

Revisão Pâmela Mezzomo

56 visualizações

© 2016 por Comitê de Secretariado Executivo do DF. Orgulhosamente criado por Wix.com