Quatro lemas para profissionais de secretariado



Por Paula Moio


Dentro da minha visão e experiência do que é o secretariado e do que foi a minha carreira, nós somos profissionais que temos o privilégio de estar no centro da ‘maquina’ de qualquer empresa. Somos o ponto de conexão entre todas as áreas.

 

E a partir do momento em que temos noção desse valor — porque em Liderança isso é uma mais-valia — devemos fazer uso, ético claro, desse privilégio.


Não só para conectar, assessorar e sentarmo-nos à mesa dos nossos líderes para assim dar o nosso contributo, mas também para nosso crescimento pessoal e desenvolvimento profissional.


Ou por outras palavras ter a coragem de não nos conformarmos, de sairmos da zona de conforto e usar as nossas habilidades para atingir o nosso potencial que é vasto e multifacetado.

 

E muitas vezes não são posicionamentos populares — não — mas persista e acredite que a longo prazo, recompensa. Senão não estaríamos aqui todos, como exemplos, influenciadores, mentores e disrruptores da nossa indústria.


Acredito que é uma ação imperativa: para expandir a sua área de ação, influência e impacto, o secretariado precisa mais do que nunca, de se empoderar, de se posicionar, de se reciclar e de se afirmar mais — não só nas suas potenciais habilidades, mas também no seu valor, e no seu poder para ajudar a transformar organizações.


Em adição ao posicionamento, desenvolvimento, conexão, influência e impacto, mencionados acima, é igualmente muito importante reconhecer que estamos num período sem precedentes, e que é crucial perceber que devemos estar preparados para o futuro, porque o futuro chegou.

 

De acordo com o relatório do Fórum Econômico Mundial ‘O Futuro do Trabalho’, publicado em 2021, verifica-se uma aceleração da automação devido à COVID-19. Logo o posicionamento do profissional de Secretariado tem e deve ser estratégico. Segundo Simon Sinek, todos devemos ter um mindset infinito e por si só aberto a novas possibilidades de transformação. E só a título de curiosidade, cito aqui as 15 competências mais requisitadas até 2025 segundo o Fórum Econômico Mundial

 

Habilidades em alta até 2025

1. Pensamento analítico e inovação

2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado

3. Resolução de problemas

4. Pensamento crítico

5. Criatividade

6. Liderança

7. Uso, monitoramento e controle de tecnologias

8. Programação

9. Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade

10. Raciocínio lógico

11. Inteligência emocional

12. Experiência do usuário

13. Ser orientado a servir o cliente (foco no cliente)

14. Análise e avaliação de sistemas

15. Persuasão e negociação


Fonte: https://www.infomoney.com.br/carreira/as-15-habilidades-que-estarao-em-alta-no-mercado-de-trabalho-ate-2025-segundo-o-forum-economico-mundial/

 

Ainda segundo o mesmo relatório, a automação prevê a eliminação de 85 milhões de empregos até 2025. Mas prevê igualmente que esta nova forma de trabalho (de máquinas, humanos e algorítimos) irá por seu lado criar 97 milhões de postos de trabalho.


Fonte: https://www.weforum.org/agenda/2020/10/top-10-work-skills-of-tomorrow-how-long-it-takes-to-learn-them/

 

Portanto, aqui eu tenho quatro lemas pelos quais eu me guio:

1. Nunca pare de aprender. E reinvente-se sempre que necessário.

2. Afine a sua curiosidade e questione, participe, construa bons relacionamentos.

3. Seja fiel ao seu valor: conheça seu poder; use a sua voz

4. Carpe Diem: a Oprah Winfrey diz sempre que o sucesso é quando a preparação se encontra com a oportunidade.




61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo