SOBRE SERVIR

Como a maior parte das pessoas, já escutei a palavra “servir” com certo repulso. Porém, com o passar dos anos, comecei a enxergar que tudo o que eu fazia com prazer absoluto, girava em torno desse termo. Entendi que servir, no sentido nobre da palavra, na verdade mostrava extrema confiança, maturidade e autoconhecimento. Saber quem somos no mundo, antes de qualquer coisa, nos deixa confortável para servir, para optar por agir nos bastidores e ainda assim brilhar. Repare que não se trata de cafés ou copos com água, diz respeito a ser ajudador, usar o seu conhecimento, técnica e disponibilidade em prol do outro ou de uma organização. Para escolher uma profissão, agarrá-la e amá-la é preciso o desgarrar de status, impostos por conveniências sociais, e entender o sentido que faz para você. Servir, portanto, é um ato de amor, que me coloca em conexão com tudo que acredito. Quando escutei a definição de “Secretariar”, por várias falas, uma única palavra se mantia, adivinha qual? Eu entendi que, em momentos distintos, a vida pode me inserir em novos ciclos, porém, eles não mudam a minha essência. Eu sirvo por amor! Texto por Nara de Oliveira Revisado por Pâmela Mezzomo

0 visualização

© 2016 por Comitê de Secretariado Executivo do DF. Orgulhosamente criado por Wix.com