Vença paixões



Por Ricardo Perju


A gente só consegue ir para frente quando nos desprendemos do passado. Vença paixões! Digo isso, porque provavelmente você também almeja uma outra oportunidade, um novo desafio e, quando consegue, se pega em choque com a realidade do novo. Os lugares por onde passamos, podemos ver como um relacionamento, onde estávamos acostumados com a nossa rotina, colegas, demandas, ritmos, cultura organizacional, etc...., mas a pagina precisa virar. Precisamos seguir em frente, precisamos ser resilientes, nos acostumar e trazer isso ao nosso favor. A página virou!


Saí do serviço privado para o público, o que para mim, foi um choque. Trabalhava na hotelaria, onde corríamos a 220 km/h o tempo todo e todo o tempo. No público, aprendi a andar em um ritmo mais calmo, embora a correria apareça vez ou outra... Tenho aprendido a me organizar, a tomar decisões mais sérias, a fazer o que precisa ser feito em meio ao "bum" e a calmaria, que se perpetua ao longo de alguns dias. A partir do momento que eu entendi e absorvi que a página da hotelaria virou e que uma nova oportunidade estava em minhas mãos, comecei a ver com gratidão a minha nova rotina, que além de dias mais calmos, me dá a oportunidade de estar mais próximo à minha família, a cuidar mais do meu casamento e a curtir um pouco mais a minha juventude.


Devemos virar as páginas do livro da nossa jornada profissional. Precisamos amar as oportunidades que lutamos tanto para conseguir!!! Entre de coração aberto em um novo lugar, não espere que seja da forma que está acostumado, mas sim de uma outra forma que lhe abrirá as portas do aprendizado, do crescimento e da maturidade profissional. Traga consigo só o que é bom, como em um relacionamento mesmo, aquele que também lhe enriqueceu um pouco mais enquanto estava nele. Mas curta o novo, porque é para frente que se anda!


Autor: Ricardo Perju

Revisora: Karla Mustafa

40 visualizações

© 2016 por Comitê de Secretariado Executivo do DF. Orgulhosamente criado por Wix.com